“Considerando o fascínio e a influência que o futebol profissional tem sobre as pessoas, especialmente entre os jovens, tendes uma enorme responsabilidade”, disse Francisco.

O Papa considerou que “em cada competição, os jogadores devem dar provas de equilíbrio, de domínio de si próprios e de respeito pelas regras”, acrescentando: “Quem consegue dar provas disto torna-se um exemplo para os seus admiradores”.

Francisco, grande adepto de futebol, lamentou os episódios de violência que algumas vezes ocorrem nos estádios e que “perturbam os jogos e a sã diversão do público”.

“Espero que consigais, naquilo que está ao vosso alcance, ajudar a que as manifestações desportivas sejam apenas isso, graças a um compromisso pessoal de todos”, disse Francisco, desejando um bom jogo às duas equipas.

A Juventus, que lidera a liga transalpina e poderá alcançar o sexto título consecutivo, venceu as duas últimas edições da Taça.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.