“O que se passa no mundo de hoje que, quando um banco entra em bancarrota, aparecem imediatamente somas escandalosas para o salvar, mas quando há esta bancarrota da humanidade, não há nem uma milésima parte para salvar esses irmãos que sofrem tanto?”, questionou o Papa, citado pela agência EFE.

O Papa falava no encerramento do III Encontro Mundial de Movimentos Populares, para membros de organizações que trabalham com populações carenciadas e que juntou em Roma cerca de 5.000 participantes.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.