Nas votações que decorreram hoje no plenário da Assembleia da República, em Lisboa, o BE viu aprovados três projetos de resolução relacionados com refugiados e migrantes.

O texto apresentado pelos bloquistas, que recomenda ao Governo a adoção de medidas para a garantia do direito a uma habitação digna para refugiados acolhidos em Portugal, foi aprovado com os votos contra do CDS-PP, a abstenção do PSD e os votos a favor das restantes bancadas.

Segundo o projeto, "impõe-se, pois, criar condições para que, no domínio da habitação, o acolhimento de refugiados esteja à altura das exigências de um país efetivamente apostado no pleno resgate dos seus direitos humanos e da sua dignidade".

É assim proposto ao Governo que "proceda, em articulação com a Associação Nacional dos Municípios Portugueses, a um levantamento dos edifícios públicos disponíveis para afetação ao acolhimento inicial de refugiados quando tal se revele necessário".

"Através do Instituto de Habitação e Reabilitação Urbana e em articulação com a Associação Nacional dos Municípios Portugueses e potenciando o uso para o efeito de programas como o ?Primeiro Direito' ou o 'Porta de Entrada', constitua uma rede de habitações de autonomização de refugiados", recomendam ainda.

Já o projeto de resolução que recomenda ao executivo a revisão dos critérios de admissão ao programa "Português para todos" foi aprovado por unanimidade.

Assim, o parlamento quer o Governo proceda, "em articulação com a Autoridade de Gestão do Programa Operacional sobre inserção Social e Emprego, à revisão dos critérios de inscrição de cidadãos incluídos em programas de acolhimento e integração no Programa Português para Todos de molde a garantir o rápido e efetivo acesso desses cidadãos à aprendizagem da Língua Portuguesa".

Também o projeto de resolução que pretende que o Governo remova obstáculos administrativos à efetivação do direito ao reagrupamento familiar de imigrantes e de requerentes de proteção internacional em Portugal teve luz verde, tendo-se abstido apenas o CDS-PP.

Destino diferente tiveram três projetos de resolução de PCP, BE e CDS-PP sobre seca, que foram os três os chumbados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.