Numa resolução aprovada por 556 votos a favor, 62 contra e 68 abstenções, o PE concorda que se “afigura viável passar à segunda fase das negociações” e recomendam que o Conselho Europeu, que se reúne a 27 na quinta-feira, em Bruxelas, adote uma decisão nesse sentido.

A recomendação dos eurodeputados acompanha a da Comissão Europeia, anunciada no dia 08, e depois de Bruxelas e Londres terem concordado sobre o princípio de que não haverá uma fronteira física entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda.

Os direitos dos cidadãos da União Europeia (UE) que vivem no Reino Unido – e vice-versa — após 29 de março de 2019 (data marcada para o ‘Brexit’) e a fatura da saída foram outros dois temas que marcaram a primeira fase negocial.

Depois do aval do Conselho Europeu a 27, poderá arrancar a segunda fase, sobre as futuras relações comerciais entre o Reino Unido e a UE.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.