Em comunicado enviado à agência Lusa, a EDP explica que a antecipação da reposição de abastecimento de eletricidade em Pedrogão Grande, Castanheira de Pêra e Figueiró dos Vinhos “foi possível graças à mobilização de operacionais de zonas limítrofes, potenciada pela disponibilização dos acessos, em articulação com a Proteção Civil e os Bombeiros, que veio permitir a circulação em segurança das equipas da EDP Distribuição”.

Na terça-feira, o Presidente do Conselho de Administração da EDP Distribuição, João Torres, esteve nos locais afetados para acompanhar de perto a evolução dos trabalhos de reconstrução da rede de Baixa Tensão e as equipas que asseguram a continuidade desses trabalhos desde sábado à tarde.

O responsável esteve também reunido com os autarcas das regiões, tendo ficado decidido que as juntas de freguesia vão ajudar a identificar as habitações que tenham a ligação à rede elétrica ainda danificada.

A EDP Distribuição foi entretanto mobilizada para junto das estruturas de Proteção Civil situadas em Arganil e Coimbra.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.