Uma explosão num comboio que transportava tanques de gás e que descarrilou este sábado na gare de Hitrino, no nordeste da Búlgária, fez pelo menos sete mortos e 29 feridos.

Pelo menos três dos feridos permanecem em estado grave e o número de vítimas mortais poderá aumentar nas próximas horas segundo declarações do primeiro-ministro búlgaro, Boiko Borisov, citado pela agência Reusters.

Cerca de 20 habitações foram atingidas, segundo as autoridades..

Cerca de 200 foram mobilizados para o local. De acordo com o diretor da Defesa Civil, Nikolay Nikolov, os bombeiros ainda procuram resgatar sobreviventes.

Uma parte dos 800 habitantes da localidade foram retirados das suas casas.

A polícia está a investigar o incidente.

[Notícia atualizada às 18h34]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.