Soldados, polícias e moradores estão ainda à procura na lama, na vila de Sirnaresmi, no distrito de Sukabumi, dos desaparecidos, na esperança de que possam estar ainda com vida, disse o porta-voz da Agência Nacional de Mitigação de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho.

“A falta de equipamentos, o mau tempo e o apagão prejudicam os nossos esforços de resgate para aqueles que ainda estão desaparecidos”, explicou o porta-voz.

Na sequência do deslizamento de terra, 30 casas ficaram enterradas na lama e cerca de sessenta pessoas ficaram deslocadas e encontram-se agora num abrigo temporário.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.