Em comunicado, a PJ refere que, após ter participado no casamento de um familiar, o suspeito regressou a casa “visivelmente alcoolizado” e envolveu-se em confronto físico com o irmão.

Depois de sanado o conflito, com a intervenção dos pais, o suspeito abandonou a habitação.

“Ao início da manhã, o suspeito regressou a casa, dirigiu-se ao quarto do ofendido e, com uma tesoura de podar, desferiu-lhe vários golpes na cabeça, provocando-lhe diversos ferimentos na região occipital”, acrescenta o comunicado.

O detido, um soldador de 43 anos, está indiciado por homicídio qualificado, na forma tentada, e vai ser presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das respetivas medidas de coação.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.