A detenção foi levada a cabo pelo Departamento de Investigação Criminal de Braga da PJ, “com a colaboração da GNR de Braga”, destacam em comunicado, tendo detido o pedreiro durante a madrugada de hoje.

O homem é suspeito “de ter disparado três tiros de caçadeira sobre a esposa, provocando-lhe a morte”.

Foi presente às autoridades competentes e vai aguardar julgamento em prisão preventiva, suspeito de homicídio qualificado inserido “num quadro de violência conjugal”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.