A embarcação onde o grupo foi detetado navegava desde a costa turca e tinha como destino a Grécia.

O bote foi intercetado pela Polícia Marítima após um contacto da Guarda Costeira Grega, em Mitilene, na ilha de Lesbos, onde os agentes portugueses se encontram a participar numa missão europeia de vigilância de fronteiras marítimas.

O transbordo das seis crianças e de 14 mulheres foi feito para a embarcação portuguesa “Tejo”, tendo o bote com os restantes migrantes – 12 homens – sido rebocado para o porto de Skala Skamineas.

Com este resgate, a Polícia Marítima eleva para 141 o número de migrantes salvos na Grécia na quarta e na quinta-feira, assinala a Autoridade Marítima Nacional.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.