Onze pessoas, incluindo cinco polícias, ficaram feridas quando um prédio de três andares, onde estava barricado um suicida que se fez explodir, desabou, acrescentou o canal estatal, El-Ikhbariya, citando o Ministério do Interior da Arábia Saudita.

Esta tentativa de atentado, que foi travada numa altura em que muitos fiéis estavam concentrados na Grande Mesquita para a última sexta-feira do Ramadão, o mês sagrado e de jejum muçulmano, é a segunda do género que tenta atingir o local mais sagrado para os muçulmanos.

Em julho de 2016, um atentado perpetrado em Medina, a segunda cidade de peregrinação do Islão, fez quatro mortos perto da Mesquita do Profeta Maomé.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.