Um antigo edifício romano foi encontrado durante escavações num antigo cinema na cidade de Verona, no norte de Itália. De acordo com o The Guardian, este foi descrito como uma "Pompeia miniatura", devido às suas "magníficas paredes com frescos".

Apesar de não ser claro que função tinha o edifício, os peritos disseram ainda que este parecia ter sobrevivido a um incêndio, uma vez que o telhado tinha caído e havia peças de mobiliário de madeira carbonizada entre os achados, daí a referência a Pompeia. Recorde-se que essa cidade foi soterrada por metros de cinzas e pedra após a erupção do Vesúvio, em 79 d.C. e, ao longo dos anos, têm sido descobertas várias pinturas bem conservadas.

No caso de Verona, também o "o ambiente foi preservado intacto, com as magníficas cores das paredes com frescos que datam do século II".

A descoberta foi feita durante escavações na cave do Cinema Astra, que está a ser renovado depois de ter estado abandonado durante mais de 20 anos. Segundo o Corriere del Veneto, vestígios romanos já tinham sido identificados no local em 2005, mas foram novamente tapados.

Este novo achado surge pouco mais de um ano após ter sido encontrado um chão de mosaico romano perfeitamente preservado perto da cidade de Verona. Os azulejos multicoloridos, encontrados debaixo de uma fileira de vinha, terão feito parte das fundações de uma vila romana do século III, cujos vestígios foram descobertos um século antes numa zona montanhosa acima da cidade de Negrar di Valpolicella.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.