De acordo com o comandante Filipe Regueira, do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, encontram-se “cerca de 400 bombeiros no local que combateram durante a noite o incêndio que se encontra em resolução do lado de Tomar e, do lado de Abrantes com alguns perímetros de atividade”.

O alerta para o fogo de Tomar, que deflagrou na freguesia de Olalhas, foi dado às 17:36 de domingo, e “uma projeção” deste fogo fez com que as chamas atingissem também o concelho de Abrantes, cerca de meia hora mais tarde, na freguesia de Fontes.

Segundo Filipe Regueira, é esperado que “durante a manhã se extingam na totalidade” os perímetros que se encontram ainda em atividade no concelho de Abrantes.

“Neste momento a humidade começa a descer, e o vento mantém-se estável, mas ali a questão do vento é muito ‘sui generis’ porque se trata de uma barragem, do túnel da barragem, que cria ventos locais e específicos”, alertou o responsável.

Por este motivo, e “tendo em conta as variações [do vento] no local do incêndio, os operacionais têm de estar a todo o momento com atenção”.

Entretanto, fonte do CDOS adiantou que se registaram dois feridos neste incêndio de Abrantes, dois bombeiros, “um por exaustão e outro com queimaduras ligeiras decorrentes da radiação do calor”.

Pelas 10:25, este fogo tinha “50% do seu perímetro em resolução", referiu a mesma fonte.

Àquela hora estavam no terreno 478 operacionais, dos quais 401 são bombeiros, apoiados por 154 veículos, seis meios aéreos e cinco máquinas de rasto.

Fogo na serra do Marão teve reativação

Segundo disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Vila Real, o fogo, que teve início na noite de sábado, foi dado como extinto às 21:25 de domingo, mas apesar dos operacionais terem ficado no local “não lhes foi possível conter a reativação por ser numa zona de escarpa difícil para os meios chegarem”.

De acordo com a página da Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, às 08:45 estavam no terreno 76 operacionais, apoiados por 20 viaturas e três meios aéreos.

O incêndio deflagrou às 22:37 de sábado na freguesia de Campeã, no concelho de Vila Real.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.