De acordo com um comunicado hoje divulgado pela Administração do Porto de Sines (APS), o novo modelo permitirá “o ordenamento dos acessos ao terminal”, melhorando a sinalização, a criação de zonas de espera para veículos pesados e o controlo de identidade e confirmação de autorização no acesso dos motoristas ao terminal do porto alentejano.

Com a entrada em funcionamento do novo modelo, a PSA Sines, concessionária do terminal de contentores do porto, prevê “reduzir os tempos de operação” e “potenciar uma maior eficiência na alocação” e “utilização de recursos do terminal e dos transportadores”.

O projeto-piloto vai contar com o contributo de algumas empresas transportadoras, do concessionário do terminal e das autoridades competentes, tendo sido apresentado aos vários “stakeholders” num evento que se realizou esta semana e que contou com a presença de cerca de 50 representantes do setor.

“Numa fase seguinte, o modelo poderá ser alargado a outros transportadores e instalações portuárias”, refere a APS, considerando que o projeto “contribuirá para a melhoria das condições de competitividade” do porto de Sines e do “serviço prestado aos clientes”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.