De acordo com o gabinete de estatísticas europeu, a expectativa de vida à nascença na União Europeia em 2017 foi estimada em 80,9 anos, alcançando 83,5 no caso das mulheres, e apenas 78,3 no caso dos homens, ou seja, uma diferença de 5,2 anos.

Em todos os 28 Estados-membros, a esperança de vida à nascença é maior para as mulheres do que para os homens, sendo que Portugal é o nono país onde esta diferença é maior: 84,6 anos para elas e 78,4 para eles, numa média global de 81,6 anos.

As maiores diferenças entre sexos foram estimadas na Letónia (9,9 anos), Lituânia (9,8) e na Estónia (8,8), enquanto as menores registaram-se na Suécia (3,3) e na Holanda (3,2).

A esperança (ou expectativa) de vida à nascença é o número médio de anos que uma pessoa à nascença pode esperar viver, mantendo-se invariáveis as taxas de mortalidade por idades até ao fim da sua vida.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.