Sérgio Manuel de Araújo estava internado no hospital Pitié Salpêtrière, em Paris, após um AVC e saiu pelo próprio pé, mas a família alega que português estava desorientado, confuso e com dificuldades de mobilidade.

“Ele, depois de um AVC, não tinha as faculdades cognitivas todas e até dizia que vivia numa cidade onde já não morava. Estava completamente desorientado”, afirmou Cristiano de Araújo, filho do português, em declarações à agência Lusa.

Sérgio Manuel de Araújo tem 51 anos e vive em Sainte Geneviève-sous-Bois, nos arredores da capital francesa. Quando desapareceu usava um blusão claro por cima de um pijama bege. Estava internado há três semanas depois de um AVC, à espera de uma operação e saiu do hospital na última quinta-feira sozinho e sem receber alta.

Além da confusão e de alguma dificuldade na fala, Sérgio Manuel de Araújo tinha dificuldade em mexer a parte esquerda do corpo, dando a aparência de estar a coxear.

As câmaras de segurança do hospital mostraram que o cidadão português saiu do Pitié Salpêtrière por volta das 19:00, mas da parte desta instituição ainda não houve qualquer justificação para esta saída sem acompanhamento.

“Eu não consegui falar diretamente com as pessoas do hospital porque não deixam qualquer pessoa falar. O que disseram ao meu tio foi que isto acontece e que, de vez em quando, as pessoas querem ir embora e não as podem reter. Ora, ele nunca disse que queria sair”, indicou o filho.

A família já sinalizou o desaparecimento à polícia, assim como contactou o Consulado de Portugal em Paris. Também bombeiros, Cruz Vermelha, transportes públicos e taxistas já foram sensibilizados para este desaparecimento.

Familiares e amigos estão a espalhar cartazes com a fotografia e descrição deste português no 20.º bairro, onde se situa o hospital e também um pouco por toda a cidade.

Desde quinta-feira, a família já recebeu relatos de avistamentos de Sérgio Manuel na capital francesa, mas nada foi ainda confirmado. A família apela a mais contactos diretos através do telefone ou através das redes sociais.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.