A ação conjunta entre a PJ e as autoridades policiais francesas permitiu localizar e deter a mulher, de 29 anos, em Nancy, por suspeita de rapto, tendo o MDE sido emitido pelo Ministério Público de Sesimbra.

A detida tinha saído de Portugal levando consigo a sua filha, na altura com 8 anos, que se encontrava, por decisão judicial, confiada à guarda e aos cuidados da sua avó materna.

"Ao longo de quase três anos, a autora circulou por diversos países da Europa, mantendo contacto com a avó da criança, a quem tentou constranger a abdicar da guarda da mesma, sob pena de não voltar a ver" a criança, relata a PJ.

A detida será interrogada pelas autoridades judiciárias francesas, as quais decidirão sobre a sua extradição para Portugal.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.