Em comunicado, a McDonald's revela que Steve Easterbrook demonstrou "um fraco discernimento" ao envolver-se com alguém que trabalha na empresa, à revelia das normas internas, sendo substituído no cargo por Chris Kempczinski.

Numa mensagem interna enviada aos trabalhadores, Steve Easterbrook, que estava no cargo desde 2015, admitiu o relacionamento e lamentou-o, dizendo que foi um erro.

O conselho de administração decidiu a saída de Easterbrook na sexta-feira, mas será oficializada judicialmente na segunda-feira.

O sucessor, Chris Kempczinski, era presidente da McDonald's nos Estados Unidos, ascendendo agora À McDonald's Corporation.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.