Após o briefing diário das autoridades regionais e locais, José Manuel Bolieiro adiantou que Marcelo Rebelo de Sousa deverá chegar à ilha do Grupo Central dos Açores por volta das 15:30 (16:30 de Lisboa), “para dar sinal claro da proximidade e da solidariedade”.

Na sexta-feira, o Presidente da República disse que estava a acompanhar a crise sismovulcânica na ilha açoriana de São Jorge, onde pensava deslocar-se brevemente, considerando que “não há razão para insegurança”.

“Quando falei com ele [presidente do Governo Regional] hoje, ainda estava em São Jorge e eu penso muito brevemente ir a São Jorge também”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, aos jornalistas, em Fátima.

O chefe de Estado referiu que, “no imediato, entendem os especialistas que não há questões para alarmes da parte da população”.

Cerca de 12.700 sismos foram registados na ilha de São Jorge, no âmbito da crise que se iniciou a 19 de março, mais do dobro de todos os sismos registados no arquipélago em 2021.

A informação foi avançada hoje pelo presidente do Centro de Informação e Vigilância Sismovulcânica dos Açores (CIVISA), após o briefing diário das autoridades regionais e locais, que decorreu na vila das Velas.

"Neste momento, só para o sistema fissural de Manadas, onde está a acontecer esta crise sísmica há cerca de sete dias, temos mais do dobro do que aqueles que foram registados em toda a região autónoma dos Açores em 2021", afirmou Rui Marques.

Segundo disse, está a verificar-se atualmente uma "diminuição da energia libertada e, como tal, a magnitude média tem vindo a diminuir", o que faz com as pessoas estejam a sentir menos sismicidade.

"Neste momento, passamos os 12.700 sismos já registados, dos quais 187 foram sentidos pela população e só três desde a meia-noite de hoje", afirmou Rui Marques, ao avançar que a frequência dos sismos mantém-se "extremamente acima dos valores normais para os Açores" e que continua a vigorar o aleta vulcânico V4, (de um total de cinco), o que significa "possibilidade real de erupção".

A crise sismovulcânica em São Jorge iniciou-se às 16:05 de dia 19, tendo o sismo mais energético ocorrido nesse mesmo dia às 18:41 com uma magnitude de 3,3, na escala de Richter, mas provocar danos.

Segundo os dados provisórios dos Censos 2021, a ilha de São Jorge tem 8.373 habitantes, dos quais 4.936 no concelho das Velas e 3.437 no concelho da Calheta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.