Numa nota enviada às redações, o executivo açoriano refere que Vasco Cordeiro "manifestou sentido pesar pelo falecimento, ocorrido de forma súbita", do deputado Paulo Parece, eleito pelo círculo eleitoral de Santa Maria ao parlamento dos Açores.

Numa mensagem dirigida à família enlutada, o chefe do executivo açoriano realça "a forma como o parlamentar se empenhava na defesa da sua ilha e dos Açores, de acordo com aquilo que defendia e em que acreditava", acrescenta a mesma nota, adiantando que Vasco Cordeiro "dirigiu também uma carta ao presidente do PSD/Açores a expressar-lhe as sentidas condolências pelo desaparecimento súbito" do deputado social-democrata.

“Os Açores perderam um representante eleito do seu povo. Essa circunstância é, só por si, motivo de pesar e, mais ainda, quando as circunstâncias, por tão repentinas e inesperadas, se tornam ainda mais difíceis de aceitar”, salienta Vasco Cordeiro.

O deputado social-democrata à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores morreu aos 51 anos.

Militante do PSD/Açores, Paulo Parece era deputado na Assembleia Legislativa dos Açores desde 2014, eleito pela ilha de Santa Maria, e foi presidente da Assembleia Municipal de Vila do Porto entre 2009 e 2017.

Era ainda o presidente da Comissão Política de Ilha de Santa Maria do partido.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.