“Estamos totalmente contra o protecionismo. Somos a favor de uma globalização regulada, porque há regras sanitárias, sociais (…) nas trocas [comerciais] entre os países, entre as regiões”, declarou François Hollande no palácio presidencial de Santiago no Chile, numa conferência de imprensa comum com a sua homóloga chilena, Michelle Banchelet.

“O protecionismo é a pior das respostas”, insistiu o chefe de Estado francês, considerando que, em última instância “o que impede o comércio prejudica o crescimento e afeta o emprego”, inclusive em países que o defendem.

Na sexta-feira, Donald Trump tomou posse como 45.º Presidente dos EUA. No discurso inaugural, disse que cada decisão tomada durante o seu mandato “será feita para proteger os trabalhadores americanos e as famílias americanas”.

Donald Trump prometeu já também medidas como a descida de impostos, um plano de relançamento orçamental e o aumento do protecionismo, o que já motivou críticas de vários líderes, nomeadamente de Hollande e da chanceler alemã, Angela Merkel.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.