Em comunicado, a PJ refere que o crime ocorreu na madrugada do dia 11 de setembro de 2021, na cidade de Lisboa, junto à entrada do pátio onde a vítima residia, com recurso a uma arma branca.

“A motivação para a prática do crime estará relacionada com a existência de dívidas monetárias, alegadamente, mantidas pela vítima para com terceiros”, adianta a PJ.

Os dois homens, indiciados pelos crimes de homicídio qualificado e uso de arma proibida, foram presentes hoje a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.