“Hoje, chegámos a um acordo sem precedentes sobre a privacidade e segurança dos dados dos nossos cidadãos”, disse Biden, numa declaração conjunta à imprensa após um encontro com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

Um acordo que, estimou, vai “promover o crescimento e a inovação na Europa e nos Estados Unidos e ajudar as empresas pequenas e grandes a competir na economia digital”, estimando um impacto de 7,1 mil milhões de dólares (6,45 mil milhões de euros) nas empresas de ambos os blocos.

Por seu lado, a líder do executivo comunitário referiu estar “satisfeita” por ter sido encontrado “um acordo de princípio sobre um novo quadro para as transferências transatlânticas de dados”.

Este acordo de princípio, sublinhou Von der Leyen, “irá permitir transferências de dados previsíveis e confiáveis entre a UE e os EUA”.

Biden esteve entre quarta-feira e hoje em Bruxelas, onde participou nas cimeiras da NATO e do G7 e ainda no Conselho Europeu, como convidado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.