No programa 'Falar Claro', da Rádio Renascença, ainda antes de Passos Coelho anunciar ao Conselho Nacional que não voltará a candidatar-se, o ex-ministro da Presidência do executivo de Durão Barroso assegurou que "não será um dos candidatos" nas próximas eleições internas e lançou o nome de "três putativos candidatos",

“É necessário conhecer a vontade destes três nomes, que serão, à partida, os primeiros candidatos, caso se confirme que Passos Coelho não se recandidata”, defendeu, apontando os nomes de Marques Mendes, Rui Rio e Santana Lopes.

Após o comentário de Sarmento, Santana Lopes admitiu estar a ponderar uma candidatura à liderança do partido, afirmando que tem recebido muitas mensagens de incentivo e não gostar de "consensos fabricados antes de tempo".

“[Estou] a ponderar, obviamente”, admitiu o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes, na SIC-Notícias, no seu habitual espaço de debate com o socialista António Vitorino.

“Esses consensos fabricados antes de tempo, nunca gostei, nem gosto”, acentuou, deixando ainda um recado: “mesmo que alguém corra a apresentar-se com nomes de barões e baronetes, quem vota são os militantes”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.