“Eu não sei escolher entre televisões, não tenho nenhuma razão para, com falta de educação ou de respeito, dizer que excluo uma das televisões. Porquê? Porque fica mais longe, porque tem mais audiências?”, questionou, num jantar de Natal na quarta-feira com militantes no núcleo oriental da distrital de Lisboa.

Depois de Rui Rio se ter disponibilizado para fazer dois debates que disse terem sido acordados com o seu adversário, um na RTP e outro na TVI, e considerado “o caso encerrado”, Pedro Santana Lopes respondeu: “Não são admissíveis birras”.

Dizendo ter convites das três televisões generalistas, Santana Lopes admitiu que só se estes órgãos de comunicação social se entenderem entre eles é que admite aceitar fazer apenas um ou dois debates.

“Se cada uma das televisões gostava de fazer um debate eu só tenho de dizer que estou disponível”, afirmou.

No entanto, Santana Lopes apelou também a que o tema dos debates seja ultrapassado, considerando “profundamente ridículo e caricato que se perca tempo com assuntos como este”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.