A campanha “Ao volante, o telemóvel pode esperar”, da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), da Polícia de Segurança Pública (PSP) e da Guarda Nacional Republicana (GNR), fiscalizou 47.766 viaturas, entre 28 de novembro e 4 de dezembro, de acordo com um balanço hoje divulgado.

A GNR inspecionou 34.939 veículos, tendo sido verificadas 330 infrações por uso indevido do telemóvel. Por seu lado, a PSP fiscalizou 12.827 viaturas e registou 97 infrações, ou seja, um total de 427 relativas ao uso indevido do telemóvel durante a condução em apenas sete dias.

Para além das ações de fiscalização e sensibilização realizadas em Portugal Continental,  também foram realizadas nas regiões autónomas dos Açores da Madeira. Durante estas ações, mais de 540 mil condutores e mais de quatro mil pessoas foram sensibilizadas presencialmente e cerca de dez milhões de veículos foram fiscalizados através de radares.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.