“Tradicionalmente, têm início em maio as inscrições para a nova edição anual do programa. Contudo, atendendo ao especial contexto de saúde pública que vivenciamos, a validade das pulseiras da edição de 2019 que estariam ativas até 31 de maio, é prolongada até 15 de julho”, informou a Polícia de Segurança Pública, em comunicado.

De acordo com a mesma fonte, o “Programa Estou Aqui! Crianças – 2020” será lançado “assim que for possível”.

A iniciativa foi criada em 2012, em parceria com a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e o Instituto de Apoio à Criança, entre outras entidades, tendo sido já distribuídas e ativadas mais de 375.000 pulseiras a crianças entre os dois e os dez anos de idade.

“Cada pulseira distribuída dispõe de um código alfanumérico único, o qual permite que qualquer pessoa que encontre uma criança perdida a sinalize via 112”, lê-se no documento.

A chamada é depois encaminhada para a PSP, que dispõe dos dados associados à pulseira e, “de forma célere”, contacta os pais, educadores ou tutores da criança que se encontre perdida.

O Estou Aqui! Crianças abrangeu em 2019 mais de 77.000 crianças, registando-se oito situações de “acionamento da pulseira para garantir a reunião de uma criança perdida com a família”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.