"Já tinha ameaçado que se vingaria dos vizinhos" que também se recusaram a depor em seu abono, disse o presidente da Junta de Freguesia de São Veríssimo, João Abreu, aos jornalistas.

Em causa está um processo por agressões à filha e à sogra, com um ferro, registadas em março de 2015 e no qual foi, segundo o Jornal de Notícias, condenado numa pena de prisão de três anos e dois meses, suspensa na sua execução.

Desde então, e segundo vários testemunhos hoje recolhidos pela Lusa no local do crime, o homem ameaçou vingar-se quer de quem se recusou a testemunhar em seu abono, quer de quem foi a tribunal dar conta de que presenciou as agressões.

Hoje de manhã matou, “com uma arma branca”, um casal de idosos, ele de 84 anos e ela de 80, uma mulher de 62 anos e outra mulher de 37 anos, grávida de sete meses.

O comandante do destacamento da GNR de Barcelos disse que o homem já confessou os crimes.

Quatro mortos no concelho de Barcelos
Elementos da Guarda Nacional República (GNR) junto ao local na freguesia de São Veríssimo, no concelho de Barcelos, onde foram encontrados quatro corpos, três mulheres e um homem, São Veríssimo, 24 de março de 2017. HUGO DELGADO/LUSA créditos: © 2017 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

As quatro vítimas mortais hoje encontradas em São Veríssimo, concelho de Barcelos, foram esfaqueadas e uma delas foi encontrada na via pública, enquanto as outras três estavam em duas casas, disse à Lusa fonte da GNR.

Inicialmente, a GNR tinha sido informada de três mortes, mas terá sido o presumível homicida quem deu conta de que tinha feito uma quarta vítima, conduzindo as autoridades até à casa da mulher grávida.

O caso passou, entretanto, para a alçada da Polícia Judiciária (PJ).

Quatro mortos no concelho de Barcelos
Elementos da Polícia de investigação junto ao local na freguesia de São Veríssimo, no concelho de Barcelos, onde foram encontrados quatro corpos, três mulheres e um homem, São Veríssimo, 24 de março de 2017. HUGO DELGADO/LUSA créditos: © 2017 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Cerca de meia centena de pessoas estiveram concentradas nas imediações da Travessa de São Sebastião, freguesia São Veríssimo, tendo a GNR criado um perímetro de segurança.

Indiciado por quatro crimes de homicídio qualificado, o homem está detido nas instalações da PJ de Braga, até ser levado a tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

Quatro mortos no concelho de Barcelos
Elementos da Guarda Nacional República (GNR) junto ao local na freguesia de São Veríssimo, no concelho de Barcelos, onde foram encontrados quatro corpos, três mulheres e um homem, São Veríssimo, 24 de março de 2017. HUGO DELGADO/LUSA créditos: Lusa

As quatro vítimas mortais hoje encontradas na Travessa de São Sebastião, freguesia de São Veríssimo, foram também já retiradas do local e transportadas para o Instituto de Medicina Legal de Braga.

(Notícia actualizada às 18h46)

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.