O protocolo de cooperação tripartida define os termos da cooperação “na elaboração do programa funcional da ampliação do Hospital Infante D. Pedro com o edifício do Centro Ambulatório e do Centro Académico Clínico, assim como da requalificação do edificado existente e do respetivo Plano Diretor”.

O valor associado à elaboração do Programa Funcional é suportado pelo CHBV em 60%, pela UA em 25% e pela Câmara Municipal de Aveiro (CMA) em 15%, sendo desenvolvido pela empresa SUCH – Serviço de Utilização Comum dos Hospitais, de acordo com o documento.

O protocolo dá também cumprimento ao memorando “Mais Conhecimento Melhor Saúde em Aveiro”, assinado em outubro de 2016, entre a UA, a CMA e o CHBV, assim como com a Universidade Nova de Lisboa e a Administração Regional de Saúde do Centro.

Com vista à ampliação do Hospital, a Câmara de Aveiro fez a recompra dos terrenos da zona do antigo Estádio Mário Duarte, cuja demolição e limpeza do terreno foi recentemente adjudicada por cerca de 400 mil euros, tendo ainda procedido à demolição dos seus antigos armazéns gerais e canil municipal, ficando essa área provisoriamente a servir de estacionamento gratuito, mas igualmente reservada para a expansão hospitalar.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.