O número de infetados é atualmente de 206.715, dos quais 5.614 diagnosticados nas últimas 24 horas, acrescentou.

Na terça-feira tinham sido registadas mais 649 mortes e 6.111 casos de contágio relativamente ao dia anterior.

“O vírus ainda não foi vencido. Continua a ser mortífero e contagioso”, vincou Raab na conferência de imprensa diária do governo sobre a crise.

O Reino Unido é atualmente o país com maior número de mortes na Europa e o segundo a nível mundial, atrás apenas dos EUA.

O governo britânico considera que o pico da epidemia já passou tendo em conta o declínio na mortalidade, mais visível nos hospitais mas menos acentuado nos lares de idosos, que continuam a registar um número elevado de óbitos.

O primeiro-ministro, Boris Johnson, vai fazer uma comunicação ao país no domingo às 19:00 sobre o plano para aliviar algumas medidas de distanciamento social e permitir o reinício de algumas atividades sociais e económicas, algumas com efeito a partir de segunda-feira.

Porém, durante o conselho de ministros que decorreu hoje, prometeu agir com “a maior prudência” para não arriscar um segundo pico de infeções.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.