"Os habitantes de Pensacola foram decisivos em eleições passadas e podem ser precisos outra vez. É para isto que estamos aqui", disse à Lusa um eleitor republicano sentado a poucos metros do palanque onde Donald Trump é esperado às 19 horas locais (01:00 em Lisboa).

Os comícios do candidato republicano à Casa Branca costumam decorrer nas pistas dos aeroportos por todo o país.

Nas últimas 24 horas, após o debate presidencial em Nashville, Tennessee, a campanha republicana anunciou o regresso de Trump à Florida, um estado visto como fundamental para as vitórias eleitorais por representar 24 super eleitores.

A sessão política junto a um hangar conta com a presença de alguns milhares de pessoas da zona noroeste do estado da Florida que se mantêm na placa do aeroporto frente ao palco.

Os primeiros estão sentados em cadeiras e o resto encontra-se de pé a ouvir, neste momento, os representantes republicanos da Florida.

"Donald Trump fez a paz em Israel. Donald Trump vai entrar para a história porque reconheceu Jerusalém como capital de Israel, Donald Trump adora os militares veteranos e ama a América", gritou um congressista do estado da Florida na parte dos discursos que antecedem a intervenção de Donald Trump.

A maior parte dos apoiantes presentes na placa do aeroporto de Pensacola não usa máscara de proteção sanitária contra o covid 19, transportam bandeiras de campanha, bonés vermelhos e gritam "Bye, Bye Biden" ("Adeus Biden") e "queremos mais quatro anos".

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.