O Expresso avança que esta nomeação surge depois de Luís Marques, antigo diretor de operações do grupo, ter resignado.

Ricardo Costa encontra-se a trabalhar para a Impresa há 27 anos e segundo um comunicado da empresa, esta escolha deveu-se à “forma exemplar como (Ricardo Costa) gere e motiva equipas, pela sua intransigência na defesa dos valores que regem a atividade noticiosa da Impresa – independência editorial, autonomia e transparência –, e pela sua visão estratégica, nomeadamente no que respeita à abordagem ao jornalismo digital. Esta nomeação é natural e não ofereceu quaisquer dúvidas.”

No mesmo comunicado pode ler-se que este novo cargo faz parte de um plano de forma a que o grupo possa "responder mais agilmente aos desafios que se colocam ao setor dos media, sobretudo as profundas alterações tecnológicas e tendências de consumo.”

Ainda não se sabe se com este novo cargo Ricardo Costa irá manter-se ou não como diretor do Expresso. Segundo o Jornal de Negócios, depois da entrada em funções de Francisco Pedro Balsemão como presidente executivo do grupo Impresa, têm sido várias as alterações na estrutura do grupo. Para além do já mencionado Luís Marques, também Martim Avillez Figueiredo, Chief Operating Officer para a área comercial, deixou o grupo esta semana.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.