De acordo com o programa disponível no ‘site’ do partido, estão ainda previstos encontros com dirigentes políticos e visitas nas áreas da ação social, saúde e ensino.

A 10 de junho, o presidente do PSD marcará presença numa homenagem aos militares portugueses que morreram na Guiné-Bissau no cemitério de Bissau, visitando em seguida o orfanato Bambaram.

Um encontro com o embaixador de Portugal na Guiné-Bissau e uma receção na Embaixada de Portugal com a comunidade portuguesa completam a agenda do primeiro dia.

No dia seguinte, Rui Rio terá encontros com o Presidente da República, José Mário Vaz, e o primeiro-ministro, Aristides Gomes, da Guiné-Bissau, visitará um hospital e terá um almoço-reunião com empresários e membros da AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal).

No último dia da visita, o líder do PSD tem encontros marcados com o presidente da Assembleia Nacional Popular, com a Comissão Parlamentar de Amizade Guiné-Bissau/Portugal e com o Partido da Renovação Social da Guiné-Bissau (PRS) e o Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), este último ainda a confirmar. Uma visita à Faculdade de Direito completa o programa de Rui Rio.

Depois da participação nas reuniões do Partido Popular Europeu, em Bruxelas e em Sófia (Bulgária), esta será a primeira deslocação internacional do presidente do PSD, desde que foi eleito líder do partido em meados de janeiro e confirmado em Congresso um mês depois.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.