“Estou focado, neste mandato como presidente do partido, nas eleições autárquicas, por são eleições, porque tivemos quebras significativas nas duas últimas vezes e o objetivo é melhorar muito nas eleições autárquicas”, afirmou Rui Rio após um passeio de bicicleta com candidatos do PSD em Torres Vedras entre eles o cabeça-de-lista à câmara. O deputado Duarte Pacheco.

Aos jornalistas, o líder social-democrata recusou comentar a participação de Paulo Rangel em ações das candidaturas sociais-democratas.

“O que queremos é ter muitos mais eleitos do que temos neste momento, entre eles presidentes de câmara”, sublinhou.

Nesse sentido, promete participar nas ações de campanha do partido em concelhos onde me o PSD “pode muito mais perto de conseguir ganhar” ou necessita de “um pequeno empurrão, uma ajuda” para “fazer a diferença”, como é o caso de Torres Vedras, admitiu, onde o PS sempre ganhou a câmara municipal e o PSD “aspira a ganhar”.

“Tal como Torres Vedras, há outras câmaras onde o PSD nunca teve a câmara e que neste ano há hipóteses de ganhar ou aspirar a ganhar”, disse, dando também o exemplo de Setúbal.

Com a “consciência de que nuns sítios é mais fácil e noutros mais difícil” ganhar e apesar de traçar como principal objetivo as eleições autárquicas, Rui Rio optou por não adiantar o que para si vai ser uma vitória satisfatória e aponta para depois do próximo ato eleitoral uma análise sobre a sua continuidade ou não na liderança do partido.

“Vamos avaliar com consciência, porque o PS tem 161 e nós temos 98 câmaras municipais”, disse.

As eleições autárquicas realizam-se no dia 26 de setembro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.