Em declarações à Lusa a propósito do SIL, Luís Lima disse ser “fabuloso” o momento em que vai decorrer o evento, a dez dias da entrega da proposta de Orçamento do Estado para 2017, uma vez que deverá levar o Governo a falar sobre o assunto e a ouvir as associações do setor sobre um novo imposto.

A 14.ª edição do SIL, que vai decorrer de 05 a 09 de outubro em Lisboa, vai contar com a presença de 300 mil empresas, mais 10% face ao ano anterior, e ocupar uma área de 12 mil metros quadrados.

"O SIL pode ser giro, vai ter impacto, a intenção do Governo era não falar até ao Orçamento do Estado, mas acho que vão ter de falar no SIL", afirmou o presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP), segundo o qual um novo imposto progressivo sobre o património imobiliário vai travar o investimento estrangeiro em Portugal e penalizar o setor “a longo prazo”.

Estas e outras questões vão marcar os debates que vão realizar-se ao longo destes cinco dias, nos quais a APEMIP está a focar toda a sua atenção, tendo convidado personalidades portuguesas e estrangeiras com forte peso no setor imobiliário, segundo antecipou à Lusa Luís Lima.

À semelhança das últimas edições, o SIL realiza-se em simultâneo com a Intercasa, com o Lisboa Design Show e com o Vintage Festival.

O Intercasa apresenta as últimas novidades em termos de decoração, móveis, iluminação, decoração de cozinha e interiores e equipamento para uso doméstico e eletrónica, ao passo que o SIL reúne vários agentes imobiliários, como investidores, empresários, técnicos, compradores públicos, entre outros.

Por sua vez, a Lisboa Design Show é um espaço dedicado ao design para o lar, constituindo uma montra das novidades, da criatividade, da inovação e das tendências do design para casa e acessórios de moda.

Este ano são esperados mais de 55 mil visitantes, segundo a organização.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.