"A educação não deve preparar apenas bons e boas técnicas, nos domínios da matemática, do português, mas é fundamental construir cidadania e construir bons cidadãos e cidadãs. Com este protocolo, estamos a fazer mais cidadania", afirmou.

A governante falava na Escola Básica e Secundária de Alcains, concelho de Castelo Branco, onde decorreu a cerimónia de assinatura dos protocolos de cooperação para a implementação do Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz, desenvolvido em conjunto pelo Ministério da Defesa Nacional e o Ministério da Educação, com a colaboração das Áreas de Governo da Presidência e Modernização Administrativa e da Administração Interna.

Os 11 municípios do distrito de Castelo Branco aderiram ao Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz.

"Os protocolos que hoje se assinaram, no fundo, são instrumentos fundamentais de concretização de várias estratégias de política pública nacional, que cruzam as áreas da defesa nacional, da igualdade e da não discriminação e da educação", disse.

Rosa Monteiro realçou ainda que o grande objetivo destes protocolos é trazer para as escolas aquilo que se passa na sociedade e capacitar os professores para os vários domínios da educação para a cidadania.

"O protocolo reconhece e sublinha o papel fundamental que os municípios têm em matéria de educação e de ensino, tendo em conta, efetivamente, a sua proximidade aos cidadãos e profundo conhecimento dos territórios e das comunidades", frisou.

Adiantou ainda que são o veículo de efetivação da estratégia nacional de educação para a cidadania que está hoje implementada em todas as escolas do país.

"Começou com um projeto-piloto, em alguns agrupamentos de escola e, hoje, está amplificado a todo o país, com formação e capacitação de docentes para os vários domínios desta educação para a cidadania. Neste caso concreto, pretendendo-se desenvolver uma cultura de segurança, defesa e paz, como um dos domínios fundamentais da disciplina de cidadania e desenvolvimento", concluiu.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.