Segundo a nota enviada pelo SEF à comunicação social, foi pedida a colaboração da Autoridade Tributária e Aduaneira, que, após testes de despiste, detetaram “um produto suspeito de ser estupefaciente, mais concretamente cocaína” no interior de embalagens de produtos de higiene pessoal que estavam na bagagem de porão do cidadão estrangeiro.

A Polícia Judiciária (PJ) foi então contactada para deter o suspeito e apreender a substância, face à alegada prática do crime de tráfico internacional de estupefacientes. Posteriormente, o detido foi presente a juiz para o primeiro interrogatório e para ficar a conhecer as medidas de coação, tendo sido aplicada prisão preventiva.

O mandado de detenção europeu que pendia sobre o indivíduo tinha sido emitido pelas autoridades dos Países Baixos. Por isso, será, ainda, presente no Tribunal da Relação de Lisboa, no âmbito do mandado de detenção europeu.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.