As três fiscalizações, que contaram com a participação de 16 inspetores e a colaboração da Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) e Segurança Social, permitiram a identificação de 97 cidadãos estrangeiros, tendo quatro sido “detetados em situação irregular” e “notificados para abandono voluntário de território nacional”, referiu o SEF num comunicado.

“Foram ainda instaurados dois processos de contraordenação às entidades empregadoras”, acrescentou.

A mesma fonte anunciou também que, no aeroporto de Faro, deteve um homem de 26 anos, “em flagrante delito, pela prática do crime de uso de documento falsificado (passaporte da Roménia)”, quando pretendia embarcar num voo com destino a Londres. Não foram divulgadas medidas de coação.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.