Segundo fonte do Instituto da Segurança Social (ISS), a ação decorreu na quarta-feira e encontravam-se nas instalações cerca de meia centena de utentes que foram transferidos para outras instituições de solidariedade social.

A Lusa tentou, sem sucesso, o contacto com dirigentes da Casa do Gaiato para obter esclarecimentos sobre o assunto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.