Segundo o centro, o abalo teve epicentro entre as ilhas de Creta e Citera, a 56 quilómetros de profundidade, e foi sentido em Atenas, a 265 km de distância.

"Não há registo de vítimas nem de danos", avançou à Reuters o vice-presidente da Câmara de Citera, onde as escolas e os edifícios públicos foram fechados para verificar o impacto do sismo nas estruturas.

"[O abalo] foi muito forte. Estivemos a ser abanados durante um bom tempo", disse o autarca, responsável pela proteção civil.

Esta terça-feira dois sismos foram também sentidos na região, na Albânia e na Bósnia. O terramoto na Albânia foi um dos mais fortes de sempre no país e fez pelo menos 21 mortos.

(Última atualização às 10h19)

 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.