O serviço de alerta de tsunamis do Pacífico disse esperar, com base em todos os dados disponíveis, a chegada de ondas, com um a três metros de altura, às costas da Nova Caledónia, de Vanuatu e das ilhas Fiji.

Não há, até ao momento, registo de vítimas mortais, de acordo com as autoridades.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que regista a atividade sísmica em todo o mundo, disse que o abalo foi registado a 168 quilómetros a leste de Tadine, na Nova Caledónia, e a uma profundidade de 10 quilómetros.

O arquipélago da Nova Caledónia assenta sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica onde, todos os anos, se registam cerca de sete mil sismos, na maioria moderados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.