A informação é avançada um dia depois de Mustafá ter saído em liberdade do Tribunal do Barreiro, onde foi interrogado na quinta-feira pelo juiz Carlos Delca, sujeito a apresentações diárias às autoridades e ao pagamento de uma caução de 70.000 euros.

Nuno Mendes está acusado de 40 crimes de ameaça agravada, 19 de ofensa à integridade física qualificada, 38 de sequestro, um de detenção de arma proibida e um de tráfico de droga, bem como de crimes que são classificados como terrorismo, não quantificados.

A instrução é uma fase facultativa, que visa decidir por um juiz de instrução criminal se o processo segue, ou não, para julgamento.

Mustafá foi detido no domingo, com base em mandados emitidos pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa, no mesmo dia em que foi detido o ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho, que ficou sujeito às mesmas medidas de coação, impostas por Carlos Delca.

Em 15 de maio, a equipa de futebol do Sporting foi atacada na academia do clube, em Alcochete, por um grupo de cerca de 40 alegados adeptos encapuzados, que agrediram alguns jogadores, membros da equipa técnica e outros funcionários.

A GNR deteve no próprio dia 23 pessoas e efetuou, posteriormente, mais detenções, que elevaram para 44 o número de arguidos, dos quais 38 estão em prisão preventiva.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.