Os números tinham uma tendência de descida nos últimos anos, mas em 2021 tudo mudou e os casos de suicídios aumentaram em Portugal, segundo dados fornecidos pelo Ministério da Justiça ao Jornal de Notícias.

Foram 952 is suicídios registados, o número mais alto desde 2018, quando 1020 pessoas terminaram a sua vida. Nos outros anos a tendência foi de descida, com 907 em 2019 e 880 em 2020.

Dados do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) também apontam para que chamadas com comportamentos de risco, ou tentativas de suicídio, aumentaram 39% entre 2019 e 2021. Antes da pandemia de covid-19 registaram-se 600 telefonemas, ao passo que no ano passado subiram para 801.

"Joaquim Sousa Gago, membro da Coordenação Nacional para as Políticas de Saúde Mental enumera as dificuldades do pós-pandemia, como as mudanças na forma de trabalhar, o desemprego, os períodos de luto emocional, as carências económicas e o isolamento, como potenciais fatores de explicação", salienta o jornal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.