“O detido não deu entrada hoje no TIC do Porto, devendo ser sujeito a primeiro interrogatório judicial amanhã [terça-feira] para aplicação de eventuais medidas de coação”, frisou.

O alegado agressor, de 16 anos, que se entregou na esquadra da PSP no domingo, terá atingido “violentamente a vítima na cabeça, tendo aquela caído inanimada no solo, sendo de imediato transportada para o hospital, onde ainda se encontra em estado muito grave”, disse hoje a Polícia Judiciária (PJ), em comunicado.

“Os factos ocorreram num contexto de ameaças mútuas, proferidas através do Facebook, motivadas por um conflito relacionado com uma namorada”, refere a PJ, acrescentando que “o suspeito cruzou-se com a vítima nas imediações da estação de metro de Baguim do Monte”, sendo que depois, “após uma breve troca de palavras, envolveram-se num confronto físico”.

Esta força policial salienta ainda que, nessa sequência, “o suspeito, munido com objeto metálico, terá agredido violentamente a vítima na cabeça”.

A vítima, que inicialmente foi dada como morta pelas autoridades policiais, encontra-se, afinal, em “estado muito grave” no Hospital de São João, do Porto, garantiu a PJ.

Contactado esta manhã pela Lusa, fonte oficial do Hospital de São João não quis dar qualquer esclarecimento sobre este caso.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.