Em comunicado divulgado hoje, a TAAG dá conta de que “foram reprogramados voos de caráter humanitário com destino a Lisboa e São Paulo”.

Estes voos “servirão para o transporte de passageiros com bilhetes adquiridos”, mas cujos voos acabaram por ser suspensos por causa das medidas decretadas para mitigar a propagação do SARS-CoV-2, e para os passageiros que compraram bilhetes “recentemente com a abertura prematura do sistema de vendas”.

A TAAG acrescenta que vai assumir “os custos comprovadamente realizados com a realização de teste obrigatório para o voo de inicialmente previsto” para hoje, “através da apresentação do respetivo comprovativo à chegada a Luanda”.

Os voos Luanda – Lisboa vão ocorrer no domingo, 28 de fevereiro, e em 07 de março, com saída da capital de Angola às 13:30 e chegada a Lisboa às 20:00.

Já os voos Lisboa – Luanda decorrem nos mesmo dias com saída da capital portuguesa às 10:00 e chegada a Luanda às 18:30 (dia seguinte).

Os voos Luanda – São Paulo ocorrem no domingo, com saída da capital angolana às 10:30 e chegada ao Brasil às 15:05. Já o voo São Paulo – Luanda ocorre no mesmo dia, com saída de São Paulo às 09:30 e chegada às 22:50 (dia seguinte).

Angola cancelou os voos diretos com Portugal, o Brasil e a África do Sul no mês passado por causa das estirpes recentemente detetadas, duas das coisas em dois dos países cujos voos foram suspensos (Brasil e África do Sul).

Na última semana vários bilhetes foram colocados à venda, no entanto, não houve qualquer anúncio oficial do Governo angolano sobre a retoma de voos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.