“Durante a manifestação de taxistas promovida pela Antral e pela Federação Portuguesa do Táxi, vários jornalistas foram vítimas de intimidações verbais e de violência física, o que é inadmissível numa sociedade democrática na qual o direito à informação está constitucionalmente consagrado. O Sindicato condena toda e qualquer atitude de violência e intimidação verbal dirigida aos jornalistas em pleno exercício da sua profissão”, refere aquela estrutura sindical num comunicado hoje divulgado.

De acordo com o semanário Expresso, numa notícia divulgada no seu ‘site’, um repórter de imagem da SIC foi vítima de agressões durante o protesto. O repórter “ficou com algumas escoriações e com a câmara e telemóveis partidos” e a Direção de Informação da SIC “apresentou queixa às autoridades.

No comunicado hoje divulgado, o Sindicato dos Jornalistas lembra que representa uma classe que se rege por um Código Deontológico que no ponto três determina: ‘O jornalista deve lutar contra as restrições no acesso às fontes de informação e as tentativas de limitar a liberdade de expressão e o direito de informar. É obrigação do jornalista divulgar as ofensas a estes direitos’”.

O SJ apela, tantos aos seus associados, como aos restantes jornalistas, que em situações semelhantes às ocorridas na manifestação de segunda-feira, “façam valer os seus direitos, divulgando publicamente os factos e efetuando queixa às autoridades competentes”.

O protesto dos taxistas, que começou na segunda-feira no Parque das Nações ao início da manhã, deveria ter seguido até à Assembleia da República, mas não avançou além da Rotunda do Relógio, onde ocorreram confrontos com a polícia, tendo os manifestantes bloqueado a zona do aeroporto de Lisboa durante mais de 15 horas.

O protesto dos taxistas esteve relacionado com as novas regras para as plataformas eletrónicas como a Uber e a Cabify. Os taxistas exigem que o número de veículos afetos àquelas plataformas seja limitado, à semelhança do que acontece com os táxis.

Um novo protesto foi marcado para segunda-feira junto ao Palácio de Belém e às câmaras do Porto e de Faro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.