A tempestade, chamada de “Aila”, atingiu pela primeira vez a costa oeste da Finlândia na noite de quarta-feira e percorre hoje as partes central e sudoeste do país, de 5,5 milhões de habitantes, causando a queda de árvores e outros danos materiais devido às fortes chuvas e ventos de até 125 quilómetros por hora.

A tempestade deve deslocar-se mais para o sul ainda hoje, atingindo à tarde a capital finlandesa, Helsínquia, e seguir pelo Mar Báltico para a vizinha Estónia, onde ventos fortes de até 115 quilómetros por hora já foram registados nas áreas costeiras.

As autoridades da Estónia disseram que mais de 3.500 residências tiveram a energia cortada até ao 12:00 (horário local, 10:00 em Lisboa). O serviço meteorológico do país báltico também emitiu um alerta de ventos extremamente fortes para hoje.

As companhias marítimas que operam entre a Finlândia e a Suécia no Golfo de Bótnia, o braço mais ao norte do Mar Báltico, e Finlândia e Estónia cancelaram hoje a maioria das saídas das embarcações.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.