Segundo um comunicado do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros, que cita as previsões do instituto (IPMA), espera-se uma “diminuição gradual da intensidade do vento e da agitação marítima”.

Nas ilhas de São Miguel e Santa Maria (grupo oriental), mantém-se até às 06:00 de segunda-feira (hora local, menos uma do que em Lisboa) o aviso vermelho, o mais grave de uma escala de quatro, devido à agitação marítima.

O aviso vermelho significa uma "situação meteorológica de risco extremo".

Preveem-se ondas de nove a 10 metros de altura, que podem atingir os 18 metros, em especial na costa norte.

A partir das 06:00 e até às 12:00 estará em vigor nestas duas ilhas, pelo mesmo motivo, um aviso laranja, o segundo mais grave (que anteriormente iria durar até às 16:00).

O grupo oriental ficará depois sob aviso amarelo (o terceiro na escala) devido a agitação marítima (até às 21:00). Há ainda um aviso deste nível relativo ao vento (desde esta noite até às 09:00).

No grupo central – Pico, Faial, São Jorge, Terceira e Graciosa – há um aviso laranja devido a agitação marítima que estava previsto terminar às 07:00, mas vai ser levantado às 06:00.

Segue-se um aviso amarelo até às 12:00 pelo mesmo motivo e as cinco ilhas.

O grupo central é ainda abrangido pelo mesmo aviso de vento do que o grupo oriental.

A Proteção Civil alerta para a necessidade de tomar medidas de prevenção, como não praticar modalidades relacionadas com o mar (incluindo passeios à beira-mar) e não despejar lixo em ribeiras.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.