Um homem abriu fogo à frente da discoteca Blue Parrot, no México, na Playa del Carmen, Cancun, durante um festival de música eletrónica, informou fonte da organização.

Os organizadores do festival BPM informaram que três membros da sua equipa de segurança foram mortos neste ataque, que, dizem, foi perpetrado por um atirador isolado.

"É com grande tristeza que informamos que a polícia confirmou os relatos de um atirador solitário no exterior do clube noturno Blue Parrot, em Playa del Carmen, hoje cedo, o que resultou em quatro vítimas mortais e 12 feridos. A violência começou na rua em frente ao clube e três membros da segurança do [festival] BPM estão entre os que perderam a vida a tentar proteger os que estavam no evento", pode ler-se no comunicado da organização do festival.

Segundo a Sky News, além destas quatro vítimas, há uma quinta a registar, que morreu na sequência da debandada que ocorreu na sequência do ataque. Quatro suspeitos foram detidos.

Adianta ainda a organização do BPM que está a trabalhar "de perto" com as autoridades locais. "Os nossos pensamentos e orações estão com todas as vítimas e as suas famílias, e com todos os afetados por este evento trágico", pode ler-se na nota publicada no Facebook.

O festival BPM chega a Portugal a 27 de setembro.

O evento criado por Craig Pettigrew e Philip Pulitano decorre durante 10 dias e 10 noite; e foi eleito o "Melhor Festival Internacional" nos DJ Awards. Este evento recebe em média 70 mil pessoas de todo o mundo e conta com a atuação de mais de 400 DJs.

(Notícia atualizada às 16h19)

 

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.