O Comité de Investigação do estado de Blagoveshchensk, perto da fronteira com a China, indicou que o estudante de 19 anos levou uma arma de caça para a sala de aula e atirou sobre os colegas, tendo de seguida se suicidado.

Desconhece-se ainda o que motivou o estudante a fazer os disparos.

Embora os tiroteios em escolas sejam relativamente raros na Rússia, houve vários ataques violentos de estudantes nos últimos anos.

A universidade foi evacuada e as aulas suspensas. Dois estudantes feridos foram operados num hospital local e um deles permanece em estado crítico.

A polícia está a investigar o ataque.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.